Leite: Balde mais cheio

06/11/2017|

Desenvolvido em 1999, pela Embrapa Pecuária Sudeste, para beneficiar principalmente a pecuária leiteira familiar, o programa Balde Cheio é fruto de esforço conjunto entre pesquisa e extensão que visa à promoção de melhorias de manejo e gestão da propriedade rural. Fonte: A Lavoura nº 697/2013

O Programa de Desenvolvimento  da Pecuária Leiteira Balde Cheio, iniciado em 1999, utiliza tecnologia desenvolvida pela Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos/SP). A meta, após implantar na maior parte dos Estados brasileiros, é aumentar a produtividade e gerar mais lucro por meio da adoção de técnicas de manejo de pastagem, controle zootécnico e, principalmente, gestão da propriedade.

A união entre pesquisa e extensão rural oferece novos conceitos aos pecuaristas de leite, especialmente aos pequenos produtores com pouco acesso à assistência técnica e gerencial. este objetivo é alcançado por meio da capacitação dos profissionais de extensão rural e produtores, da promoção da troca de informações regionais e monitoramento dos impactos ambientais, econômicos e sociais.

PARCERIAS

O estabelecimento de parcerias é uma das principais estratégias do Programa balde cheio. elas são firmadas com diversos tipos de instituições públicas – como órgãos de assistência técnica e extensão rural vinculados às secretarias estaduais de agricultura, prefeituras, instituições de ensino
e pesquisa, instituições financeiras, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) – e entidades privadas, como cooperativas, laticínios, associações, federações de agricultura, Sebrae, instituições de ensino e pesquisa e profissionais autônomos.

A capacitação e a troca de informações acontecem na propriedade rural, que se transforma em “sala de aula” e passa a ser uma unidade demonstrativa (UD). A programação inclui aulas teóricas, tanto para extensionistas quanto para produtores, na Embrapa Pecuária Sudeste e nas propriedades selecionadas. A partir da estruturação da propriedade, com base nas orientações do projeto, a UD passa a ser uma referência na região.

DADOS E INFORMAÇÕES

Os dados e informações, aqui publicados, se referem à reportagem da Revista A Lavoura, edição nº 697, veiculada há quatros anos. Portanto, para contextualizar melhor, algumas partes foram editadas, agora.

Continue lendo a reportagem “Leite: Balde mais cheio”, da edição 697/2013 (páginas 14 a 24), na seção de publicações gratuitas da Revista A Lavoura, veiculadas no site da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA). Outras edições online podem ser encontradas pelo endereço www.sna.agr.br/publicacoes/a-lavoura.

Para assinar nossa revista, que sempre traz reportagens, artigos e notícias do setor agropecuário exclusivas para assinantes, envie um e-mail para assinealavoura@sna.agr.br.

Fonte: Revista A Lavoura – Edição nº 697/2013