Feijão carioca: compradores tímidos, mas estão de volta

11/10/2017|

Quer vender? Logo cedo, ontem, quem tinha feijão ouviu várias vezes esta pergunta. Daí vinha a oferta abaixo do mínimo aceitável. A grande maioria dos primeiros que procuraram os produtores foram os especuladores que já realizaram seu lucro e voltam agora para o mercado, antes que ele tenha uma nova reação.

Mas será que é hora de vender? Volta a ser pertinente a pergunta de sempre: dá margem para o produtor?Certamente, se esta resposta for positiva, é possível até ser interessante negociar alguma coisa. Porém, o simples fato de os compradores terem voltado ao mercado já demonstra que, em breve, os empacotadores podem estar de volta também. Cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém. Preço médio de venda ao negociar também não.

Ontem, um produtor que vendeu por volta de R$ 100,00 um feijão nota 7/8 comentava que, na verdade, fechou com preço médio por volta de R$ 110,00. Em um ano, e num momento bastante complicado, o produtor achou razoável o resultado. Em resumo: ganhou. Esta é uma boa razão para se vender.

 

 

 

Fonte: Ibrafe