Conselho do Agro debate estratégias de comunicação para agricultura e pecuária

Publicado em 14/02/2017

Presentes à reunião do Conselho, Alysson Paolinelli , presidente da Abramilho; Antonio Alvarenga, presidente da SNA; João Martins, presidente da CNA, e Márcio Lopes de Freitas, presidente do Sistema OCB. Foto: Tony Oliveira/Trilux

A quarta reunião do Conselho do Agro, realizada na terça-feira (14) na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília, destacou, entre outros assuntos, a importância da comunicação para os setores da agricultura e da pecuária.

Na ocasião, convidados apresentaram aos representantes das entidades que compõem o Conselho um panorama da comunicação do agro na grande imprensa e nas mídias sociais. Os participantes também analisaram, a partir dessa temática, as perspectivas e os desafios para o futuro.

O objetivo é unificar a linguagem das entidades que representam o produtor rural e definir estratégias de comunicação para levar informação de qualidade às mídias e à sociedade. O presidente da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), Antonio Alvarenga, coordenou os trabalhos na reunião.

 

CASO DE SUCESSO

A campanha “Agro é Tech, Agro é Pop, Agro é Tudo”, da TV Globo – considerada um caso de sucesso na comunicação do agronegócio – e que ganhou, em janeiro desse ano, o Prêmio Destaque SNA, foi apresentada pelo diretor de Marketing da emissora, Roberto Schmidt. Os filmes que têm sido exibidos em rede nacional mostram a presença e a importância dos diversos produtos de nossa agropecuária na vida de milhões de pessoas do campo e das cidades.

 

METAS

O secretário-executivo do Senar, Daniel Carrara, e o superintendente de Comunicação e Marketing da CNA, Álvaro Pereira, apresentaram a logomarca do Conselho do Agro, além de diagnósticos e objetivos estratégicos para 2017. O especialista em comunicação digital, Rodrigo Mesquita, mostrou um panorama das mídias sociais, e a coordenadora do programa Hortifruti Saber e Saúde, da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Adriana Brondani falou sobre a comunicação direcionada à produção de hortifruti no Brasil.

Já o vice-presidente de Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas do Banco do Brasil, Tarcísio Hübner, destacou o compromisso da instituição em dar respostas às demandas do campo.

Também participando da reunião, o ex-ministro Roberto Rodrigues, coordenador do Grupo de Trabalho do Agronegócio no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), fez uma análise das propostas que estão sendo elaboradas para encaminhamento ao presidente Michel Temer.

 

Por equipe SNA/RJ, com informações da CNA

Foto da capa: Tony Oliveira/Trilux

 

 

 

 

 

 

Boletim semanal de notícias da SNA por e-mail.

Cadastre-se para receber o boletim

Veja as últimas edições

 

Últimas notícias