Ovinocultura será destaque na Efapi 2017 em SC

05/09/2017|Tags: , |

Além da exposição de ovinos, encontro em SC servirá para comercialização de reprodutores e matrizes para formação e melhoramento do rebanho. Foto: Divulgação

Encontro nacional, fórum técnico, exposição de animais, mostra de produtos, minicursos, apresentação de trabalhos científicos. Uma vasta programação marcará o setor de ovinocultura durante a Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó (Efapi 50 ANOS), em Santa Catarina. O evento será realizado entre os dias 6 e 15 de outubro, no Parque de Exposições Tancredo Neves.

As atividades serão coordenadas pela Associação Brasileira dos Criadores de Ovinos Leiteiros (Abcol). O ponto alto será a exposição de ovinos das raças de corte Ile de France, Texel, Dorper, Santa Inês, Suffolk, Hampshire Down e das raças leiteiras Lacaune e East Friesian. No conjunto, serão reunidos 200 animais.

O presidente da Abcol, Anderson Elias Bianchi, explica que esses ovinos serão oriundos de criadores de diversas regiões do Estado de Santa Catarina. Além da exposição, também haverá a comercialização de reprodutores e matrizes para formação e melhoramento do rebanho.

Durante a Efapi 2017 também haverá a realização de minicursos e apresentação de trabalhos de campo e pesquisas científicas desenvolvidas com a ovinocultura na região. Universidades e empresas do setor público e privado estão engajadas nessas atividades.

No dia 13 de outubro (sexta-feira) será promovido o 2º Encontro Brasileiro de Ovinocultura de Corte e Leite e o Fórum para Desenvolvimento na Ovinocultura na região Oeste de SC. Esses dois eventos serão realizados nas dependências da Unochapecó, com a participação de produtores, estudantes, professores, técnicos, empresas, universidades e instituições ligadas ao setor. Núcleos de criadores, associações e cooperativas de diversas regiões do sul do Brasil também participarão.

“O objetivo do evento é reunir importantes agentes para discutir ações para o desenvolvimento da ovinocultura, apresentando as forças e oportunidades e debater os desafios para o fortalecimento da atividade”, salienta Bianchi.

A programação também prevê uma mostra de produtos da ovinocultura, insumos para a produção, assistência técnica e espaço para reunião e debates do setor.

 

PROGRAMAÇÃO

O presidente da Comissão Central Organizadora (CCO), Josias Mascarello, e o coordenador geral da CCO, Márcio Sander, destacaram que a pecuária se constituiu no berço da feira e continua prestigiada e apoiada em razão de sua expressão econômica e social.

Todos os dias, entre às 8 e 22 horas, haverá exposição de ovinos de corte e leite no setor de agropecuária do Parque de Exposições.

Serão ministrados três minicursos: dia 8 de outubro (domingo), às 15 horas, o tema será “Escolha e avaliação de reprodutores e matrizes”; dia 11 (quarta-feira), às 15 horas, a abordagem será “Manejo sanitário de ovinos: causas, efeitos e controle”; o terceiro e último minicurso está previsto para dia 14 (sábado), no mesmo horário, com foco em “Manejos básicos em ovinos para aumentar a produção de cordeiros”.

No dia 13 (sexta-feira), às 8 horas, começa o 2º Encontro Brasileiro de Ovinocultura de Corte e Leite. No mesmo dia, às 14 horas, será vez do Fórum para Desenvolvimento na Ovinocultura do Oeste de Santa Catarina.

As inscrições para o evento são gratuitas pelo e-mail ovinoeste@gmail.com. Basta informar nome, número do CPF, profissão e entidade.

 

Fonte: Da assessoria com edição da equipe d’A Lavoura