Melão: Maior oferta no Rio Grande do Norte e Ceará pressiona cotações

12/01/2018|Tags: |

O melão amarelo voltou a se desvalorizar nesta semana (8 a 12/01). Além da queda de preços no atacado, as cotações caíram também no Vale do São Francisco (BA/PE). Segundo colaboradores do Hortifruti/CEPEA, a queda foi resultado do grande volume da fruta, que continua impactando o mercado. Assim, apesar da limitada oferta na praça nordestina, que deveria impulsionar os preços, o amarelo registrou recuo de 17% na semana, média de R$ 0,67/kg.

Houve relatos, ainda, de que a grande disponibilidade de melão no mercado tem sido influenciada pela produção do Rio Grande do Norte/Ceará e pela comercialização restrita nos grandes centros consumidores do Sudeste. Em São Paulo, por exemplo, o clima ameno e chuvoso limitou o consumo e aumentou o estoque da fruta. Para a próxima semana, o melão amarelo deve continuar pressionado pela demanda, já que as vendas, normalmente, são moderadas na segunda quinzena do mês.

Confira mais informações no site www.hfbrasil.org.br

CEPEA 

Compartilhe nas redes sociais!