Mapa projeta crescimento do agronegócio nos próximos dez anos

13/11/2017|

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) está divulgando algumas projeções relativas ao crescimento da agropecuária brasileira, com o propósito de fornecer subsídios aos formuladores de políticas públicas quanto às tendências de produtos do agronegócio.

De acordo com o Mapa, os produtos mais dinâmicos do agronegócio brasileiro deverão ser algodão em pluma, milho, carne suína, carne de frango, soja grão. Entre as frutas os destaques são para a manga, uva e melão. O mercado interno e a demanda internacional serão os principais fatores de crescimento para a maior parte desses produtos. São também os que indicam o maior potencial de crescimento da produção nos próximos dez anos.

A produção de grãos deverá passar de 232 milhões de toneladas em 2016/2017 para 288.2 milhões de toneladas em 2026/27.  Isso indica um acréscimo de 56 milhões de toneladas à produção atual do Brasil. Em valores relativos, representa um acréscimo de 24.2 milhões de toneladas.

Segundo relatórios anteriores, esse avanço, entretanto, exigirá um esforço de crescimento que deve consistir em infraestrutura, investimento em pesquisa e financiamento. Essas estimativas são compatíveis com a expansão da produção de grãos nos últimos dez anos, que aumentou 63% (Conab, 2017).

O resultado indica que há potencial de crescimento para atingir os valores projetados. Milho, soja e trigo devem continuar puxando o crescimento de grãos.

Acesse aqui o estudo completo.

 

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento