Importação de soja pela China tem máxima histórica em julho

08/08/2017|Tags: |

As importações chinesas de soja em julho subiram 30%, para o seu nível mais alto, de acordo com os cálculos da Reuters com base em dados aduaneiros. Enquanto isso, a China busca se livrar de congestionamentos nos portos em função das elevadas chegadas do produto.

As importações em julho atingiram 10.08 milhões de toneladas, superando o volume mais alto registrado anteriormente, em maio, de 9.59 milhões de toneladas. Em junho, o volume desembarcado havia somado 7.69 milhões de toneladas. As esmagadoras de soja atrasaram a descarga dos graneleiros em junho devido a estoques elevados e uma mudança nos impostos.

A China já importou 54.89 milhões de toneladas de janeiro a julho, com alta de 16,8% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da administração geral da alfândega. “O grande volume de importações em julho foi principalmente devido à mudança de impostos e atraso de chegada do mês anterior”, disse Tian Hao, analista sênior da First Futures.

Os grandes desembarques já pressionaram as margens da indústria na China, que passaram para o positivo de forma breve em julho, antes de retornarem ao vermelho. Os suprimentos devem começar a diminuir a partir deste mês, disseram analistas, o que ajudaria a indústria a recuperar as margens.

“Espera-se que as margens se recuperem como estoques de soja e farelo de soja começando a diminuir gradualmente a partir de agosto”, disse Liang Yong, analista da Galaxy Futures. “Mas a recuperação não será relevante, provavelmente de volta ao ponto de equilíbrio, já que os estoques estão realmente altos agora e a demanda da indústria de criação de animais continua fraca”, afirmou Liang.

 

Fonte: Reuters