Exportação de milho do Brasil em setembro é a segunda maior da história

02/10/2017|

O Brasil exportou em setembro 5.91 milhões de toneladas de milho, o segundo maior volume mensal da série da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), atrás apenas das 6.26 milhões de toneladas registradas em dezembro de 2015.

Conforme os dados divulgados nesta segunda-feira pela Secex, os embarques de milho no mês passado superaram em 12,5% as 5.26 milhões de toneladas de agosto e mais que dobraram em relação a setembro de 2016.

Neste ano, as exportações de milho do segundo maior exportador global da commodity demoraram a deslanchar em razão dos preços baixos, o que fez os produtores brasileiros se retraírem. As cotações enfraquecidas do cereal refletiram uma safra recorde em 2016/17, perto de 100 milhões de toneladas.

Os embarques de milho normalmente são maiores no segundo semestre, quando as exportações de soja perdem força e abrem espaço nos portos para as vendas externas do cereal.

Neste ano, além da oferta abundante, as exportações de milho do Brasil também estão recebendo uma ajuda adicional de leilões de prêmio de escoamento realizados pelo governo brasileiro. Desde maio, o governo brasileiro leiloou prêmio para apoiar o transporte de mais de nove milhões de toneladas.

 

Fonte: Reuters