Deputado Nilson Leitão assume presidência da Frente Parlamentar da Agropecuária

Publicado em 15/02/2017

Durante a abertura da solenidade de posse da nova diretoria eleita da FPA, o Presidente da República, Michel Temer, reconheceu o potencial do agronegócio brasileiro, e anunciou sua intenção de simplificar o sistema tributário e de acelerar a reforma trabalhista. Foto: Beto Barata/PR

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) realizou na terça-feira, 14 de fevereiro, em Brasília, a solenidade de posse de sua nova diretoria. O presidente eleito da entidade é o deputado federal Nilson Leitão, que passa a ocupar o cargo exercido pelo deputado Marcos Montes.

Na abertura da cerimônia, o presidente da República, Michel Temer, reconheceu o potencial do agronegócio brasileiro. “Quando nós, no governo, dizemos que o Brasil tem rumo, a primeira direção para a qual olho é, exatamente, a agricultura, o agronegócio.”

Ao destacar a presença dos ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, e do Meio Ambiente, Sarney Filho, Temer falou sobre a importância da FPA em congregar “aqueles que participam, na verdade, da atividade que suporta a economia nacional”.

Na ocasião, o presidente anunciou sua intenção de simplificar o sistema tributário e de acelerar a reforma trabalhista: “Nós queremos desburocratizar, como fez o Blairo Maggi no Ministério da Agricultura. Para isso, precisamos contar com o apoio, e mais do que apoio, precisamos contar com o entusiasmo de vocês. Eu vejo que os senhores colocam a alma no seu trabalho. Por isso nós teremos uma safra excepcional”.

 

Em seu discurso de posse, o novo presidente da FPA, deputado federal Nilson Leitão, defendeu a desburocratização do Brasil. Foto: Beto Barata/PR

SEM BUROCRACIA

Em seu discurso de posse, Nilson Leitão reforçou a necessidade de o Brasil ser desburocratizado. “O que o Congresso precisa fazer para ajudar o ministro Blairo Maggi, o ministro Sarney Filho e o presidente Temer é destravar. É preciso tirar a ideologia desse debate. O nós contra eles. O Brasil precisa ser bom para todos. Para a minoria, para a maioria. Para o pequeno e para o grande”.

Já o deputado Marcos Montes agradeceu o apoio de todos em sua gestão na FPA. A Frente Parlamentar da Agropecuária também elegeu como vice-presidentes Ronaldo Caiado (representando o Senado) e a deputada federal Tereza Cristina (Câmara).

 

HOMENAGENS

Durante a solenidade, personalidades e veículos de comunicação que se destacam no fortalecimento e na cobertura do setor rural receberam homenagens da Frente Parlamentar. Foram premiados Ricardo Tomczyk, presidente do Instituto Pensar Agro (IPA); Carlos Ernesto Augustin (Tête), ex-presidente do IPA; Sérgio De Marco, assessor do Ministério da Agricultura; o deputado Marcos Montes; Glauber Silveira, vice-presidente da Abramilho, e o produtor rural Carlos Fávaro, da Aprosoja. Os veículos Valor Econômico, Rede Globo de Televisão, Canal Rural e Rede Bandeirantes (Terra Viva) também receberam homenagens.

 

PRESENÇAS

A cerimônia de posse da nova diretoria da FPA também foi prestigiada pelos ministros do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra; da Casa Civil, Eliseu Padilha; e da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy; pelos governadores de Mato Grosso, Pedro Taques, e de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; por 111 deputados, 16 senadores, dezenas de dirigentes de entidades do agronegócio, entre elas a Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), além de cerca de 800 convidados.

 

Foto da capa: Beto Barata/PR

Por equipe SNA/RJ com informações da FPA

Boletim semanal de notícias da SNA por e-mail.

Cadastre-se para receber o boletim

Veja as últimas edições

 

Últimas notícias