Almanaque Carioquice 2018: Oásis urbano

23/01/2018|

Todos os dias milhares de pessoas atravessam a Avenida Brasil, uma das principais vias de acesso ao Centro do Rio, sem se dar conta do oásis de tranquilidade reinante em meio ao caótico trânsito da região. Trata-se do Campus Educacional e Ambiental da Sociedade Nacional de Agricultura, uma imensa área verde, com aproximadamente 150 mil m², mantida pela Sociedade Nacional de Agricultura (SNA) desde 1899. Então denominada Fazenda Grande da Penha, ganhou o apelido carinhoso de Fazendinha da Penha.

Ao longo dos anos, foi transformada em Horto Frutícola da Penha, Escola de Horticultura Wencesláo Bello e, mais recentemente, em Campus Educacional da SNA. Por configurar um rico ecossistema, reconhecido como Área de Proteção Ambiental (APA) a partir de 1984, cursos de graduação em Medicina Veterinária e cursos de curta duração para capacitação em técnicas agrícolas e criação de animais são oferecidos no local.

O espaço dispõe de horto, núcleos de plantas medicinais e ornamentais, horta orgânica e clínica-escola, bem como viveiros que servem de base de demonstração nas aulas. Além disso, existe um programa voltado a estudantes dos ensinos Fundamental e Médio, a fim de que crianças e jovens, acostumados ao meio urbano, desfrutem de um contato mais próximo junto à natureza.

Há, ainda, passeio de pôneis com acompanhante para os pequenos. O visitante poderá conhecer de perto aves como sanhaço, sabiá, bem-te-vi, beija-flor e os gaviões carijó, caboclo e carrapateiro, por exemplo. O local também se revela perfeito aos praticantes de atividades físicas ao ar livre. Diariamente, moradores do bairro da Penha vão à Fazendinha com esse propósito. Para ficar ainda melhor, o passeio é gratuito.

 

Fazendinha da Penha
De segunda a sábado, das 07h às 16h
Avenida Brasil, 9.727 – Penha
Tel: (21) 2573-3940

 

Fonte: Almanaque Carioquice

Compartilhe nas redes sociais!