16º Congresso CBNA Pet será realizado no mês de maio em Campinas

04/04/2017|Tags: |

Em 2015, Brasil contabilizou faturamento de R$ 18 bilhões, um avanço de 7,6% quando comparado ao ano anterior, sendo 67,3% deste total destinados à comercialização pet food (nutrição animal), 8% para a área pet care e 7,7% para o segmento pet vet. Foto: Divulgação

Um mercado que cresce dois dígitos ao ano. Esse é o cenário atual do segmento pet brasileiro, que aponta para um crescimento expressivo em números.

Dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) apontam que o Brasil possui a quarta maior população pet do mundo, com um total de 132,4 milhões de animais de estimação e está na terceira posição do ranking faturamento.

Sobre o último dado, somente em 2015, o país contabilizou R$ 18 bilhões, um avanço de 7,6% comparado ao ano anterior, sendo 67,3% deste total destinados à comercialização pet food, 8% para a área pet care e 7,7% para o segmento pet vet.

Trata-se de um segmento promissor que exige, a cada ano, uma atualização científica de seus profissionais para manter o Brasil nessa expressiva posição. E é por essa razão que o Colégio Brasileiro de Nutrição Animal (CBNA), há 16 anos, por meio de sua Comissão Científica Pet, leva informações de alto nível com o objetivo de atualizar universidades, indústrias, centros de pesquisas, profissionais e estudantes da área.

Para que a ciência permaneça a serviço do mercado, a instituição realizará nos dias 10 e 11 de maio, no Expo D. Pedro (Campinas/SP), centro de exposição anexo ao Shopping D. Pedro, o 16º Congresso CBNA Pet, evento que, além de dois dias de intensas discussões para melhoria do segmento, terá como foco os conhecimentos da classe acadêmica por meio das apresentações dos trabalhos científicos.

 

REFERENCIA NO PAÍS E AMÉRICA LATINA

À frente da coordenação Pet CBNA, o médico-veterinário Aulus Cavalieri Carfiofi, professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp), destaca que o Congresso CBNA Pet é uma referência no Brasil e América Latina, pois, além dos temas propostos na programação de 2017, criará a possibilidade concreta de relacionamento entre os profissionais do meio.

“Com um baixo investimento, os interessados poderão ter acesso às inúmeras pessoas que vivem o dia-a-dia da ciência aplicada a diferentes áreas de conhecimento”, destaca.

Isso porque soma-se ao evento uma feira de negócios, que possibilitará o estreitamento entre os participantes. “Este será um momento muito produtivo seja para as empresas patrocinadoras bem como os participantes”, ressalta Carfiofi.

 

PROGRAMAÇÃO

Sobre os debates do evento, ele informa que o conteúdo programático abordará as áreas de nutrição, processamento, mercado, segurança alimentar, marketing e legislação. Confira a programação completa em: http://www.cbna.com.br/site/Eventos/Programacao/XVI-CONGRESSO-CBNA-PET-2017.

Essa grade de programação, segundo o médico veterinário, atenderá, de forma completa, todos os anseios da indústria de forma integrada. Entre os temas, Carciofi chama a atenção para a palestra do professor da Universidade de Berlin (Alemanha) Jürgen Zentek, especialista europeu e uma dos profissionais mundiais de destaque quando o assunto é nutrição pet, que mostrará o impacto na dieta no trato urinário de gatos. Além disso, o especialista abordará as vitaminas A, D, E e K e o que há de novo para cães e gatos.

Outro tema que chamará a atenção será a palestra do professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Luciano Trevizan, que na oportunidade proporá debate sobre “Ingredientes não convencionais – possibilidades e riscos”, assunto definido pelo coordenador do XVI Congresso CBNA Pet como crítico.

“A indústria busca alternativas que possam apresentar melhore teores nutricionais, que carregue atributos relacionados à ecologia industrial, reciclagem dos produtos e, acima de tudo, capazes de manterem custos competitivos”, alinha Carciofi.

 

MESA REDONDA

A mesa redonda é vista pelo coordenador do Pet CBNA também como ponto alto do encontro, momento em que será exposta a opinião dos consumidores sobre os alimentos para animais de estimação.

“Nesta ocasião, contaremos com a participação do governo, um representante dos pet shops e de criatórios que falarão sobre o consumo de alimentos industrializados com a intenção de gerar autoconsciência, a boa relação com os clientes e melhoria continua”, informa.

 

EVENTOS EM CONJUNTO

O CBNA Pet 2017 ocorrerá em conjunto com a Expo Pet Food, Expo Aqua Feed e demais eventos da FIAI (Feira Internacional da Agroindústria, Tecnologia e Processamento).

Até a presente data, o evento conta com o patrocínio de diversas empresas do setor, entre elas: Adisseo, Alltech, Biorigin, Laboratório CBO, DSM, Ferraz Máquinas, PremieR Pet, Puro Trato Pet Food, Manzoni, Royal Canin, Diana Pet Food, Yes e Wenger, além do apoio da ICC.

A revista A Lavoura, veiculada bimestralmente pela Sociedade Nacional de Agricultura, é uma das parceiras na divulgação do encontro, por meio do site e redes sociais (Facebook e Twitter) da SNA.

 

TRABALHOS CIENTÍFICOS 

Sobre a inscrição de trabalho científicos, a organização informa que o prazo foi encerrado. Ao todo, 50 trabalhos foram enviados e passarão pela comissão julgadora do evento.

A organização ressalta que cada autor está concorrendo aos prêmios Menção Honrosa, Prêmio CBNA de Pesquisa e Prêmio Waltham de Internacionalização Pesquisa, desde que o primeiro autor seja aluno de graduação ou pós-graduação.

 

Fonte: Assessoria do CBNA com edição da equipe A Lavoura/SNA-RJ